Brisa da Tarde | Curtindo a Vida em Família

Antes e depois da maternidade…

Bom dia, pessoal!

Hoje, quero falar de uma coisa bem interessante: antes da maternidade! Como nós, mulheres, nos imaginamos como mãe e como isso muda quando nossos filhos chegam.

Todas sabem que eu lutei por cinco anos para ter um filho. Fiz de tudo! Tive gravidez psicológica e fiz muitos tratamentos, mas eu tinha sonhos e fazia muitos planos para os meus futuros filhos. Eu imaginava que minha vida seria assim: eles vão dormir a noite inteira, vou poder descansar bastante, vamos ter uma rotina, eles nunca vão ficar doentes, sempre vão brincar e guardar seus brinquedos, vão ser assim ou assado, etc.

Eu pensava que seria assim. Tinha tudo planejado, mas, quando meu amado filho João Lukas chegou, tudo, mas tudo mesmo, mudou completamente. Ele veio para me mostrar que não podemos criar expectativas sem antes passar por elas. Quanto ele teve a primeira febre, fiquei muito nervosa porque não tinha isso em mente. Só que é supernormal acontecer.

maeatarefada

Mãe mil e uma utilidades

Ele dorme até hoje comigo e com meu marido, mas não vou entrar em detalhes sobre a cama compartilhada porque é um tema pra um próximo post. Eu tinha comprado berço e kit de berço lindos somente para enfeite mesmo. Ele dormia somente de dia no berço. Com o Davi é a mesma coisa.

Sobre os brinquedos, é uma loucura! Eu junto tudo, mas, em cinco minutos, eles estão todos espalhados de novo. Agora, decidi deixá-los assim mesmo. Os meus filhos mexem na pia e, nem em sonho, posso deixar a porta do banheiro aberta porque o Davi mexia na água da privada, o João pegava o papel higiênico, etc. Assim é a vida, amiga! Já esqueci a fralda de xixi no chão e eles acharam!

Se você ainda não é mãe, nunca julgue sua amiga, sua prima ou sua irmã. Você nem imagina como é corrido nosso dia! Esquecemos-nos das coisas com frequência e nossa casa vive decorada por brinquedos. Quando você estiver no lugar e no papel de mãe, você vai saber como é difícil deixar a casa arrumada.

 Tenho ou, pelo mesmo, tento ter uma rotina com meus filhos, mas nem sempre dá para seguir à risca tudo. Temos que ser flexíveis e saber lidar com várias mudanças dessa rotina sem se sentir frustada por isso.

Ninguém é perfeita! Todas temos defeitos e tentamos ser as melhores mães e donas de casa do mundo, mas não se culpe se algo der errado no seu do caminho. Não se sinta inferior às outras. Cada mãe tem seu jeito de lidar com cada situação.

Então, por hoje, é isso. Deixo esta frase pra reflexão: "Não julgue para não ser julgada".

Beijos

Comente

comments

Clipping: Melhores Blogs de 2020 para Famílias
Meu pai, meu herói
Clipping: 12 brinquedos educativos indicados por mães blogueiras
2 comentários
Acompanhe as nossas notícias

Assine

Close