Brisa da Tarde | Curtindo a Vida em Família

Como fazer a transição do bebê da banheira para o chuveiro

Oi, gente!

Tudo bem com vocês? Aqui está tudo bem!

Desde que a Micaela nasceu, nós utilizávamos esta banheira com suporte da Galzerano para facilitar as nossas vidas:

Micaela tomando banho

Essa banheira salvou as nossas vidas, principalmente quando eu estava recém-operada porque eu não precisava ficar me abaixando para o banho. A minha cunhada nos emprestou essa banheira.

Desde o começo, o Elton e eu nos uníamos para dar o banho, sendo que um segurava a Micaela e o outro dava o banho. Fizemos isso até quinze dias atrás…


A Catarina chegou!

Na semana passada, a minha sobrinha Catarina chegou ao mundo para alegrar as nossas vidas!

Nossa sobrinha

Seja bem-vinda, Catarina!

A Micaela deixou de ser a caçulinha da família! 🙂

Por essa razão, precisávamos devolver a banheira à sua legítima dona!


Pensando no que fazer…

Como tínhamos que devolver a banheira para a sua dona, comecei a pensar em como faríamos para dar banho na Micaela porque o nosso banheiro não estava totalmente preparado para isso.

Pensei em comprar outra banheira igual à anterior, mas a Micaela já estava ficando muito grande para ela. Ela tinha que ir para o chuveiro mesmo. Já tínhamos dado banho nela no chuveiro, mas ela ficava no colo de um enquanto o outro dava o banho. Só que, atualmente, não dá mais para fazer isso porque ela está bem pesadinha para continuarmos a segurá-la no colo.

Também temos uma banheira mais simples e maior que, antigamente, nós a colocávamos dentro do box, mas pensei que não seria muito seguro porque, na última vez que a utilizamos, a Micaela ficou em pé nela e quase se esborrachou no chão. Aí, descartamos a ideia da banheira.

Como ela já está ficando em pé, pensamos em adaptar o nosso banheiro para que ela pudesse tomar o banho dela lá mesmo.


Fazendo compras

Na semana retrasada, o Elton e eu fomos à Leroy Merlin fazer compras. Tínhamos que comprar portõezinhos e uma rede para colocar na escada de casa para a segurança da Micaela.

Como já estávamos lá, pensei em ter ideias para a mudança do nosso banheiro. Entrei na internet e vi um post muito bom no blog Macetes de Mãe sobre a transição do bebê da banheira para o chuveiro. A Shirley disse que colocou em seu banheiro uma superfície antiderrapante para que o seu pequeno tivesse confiança para ficar ali.

Ficamos pensando em qual superfície antiderrapante poderíamos usar em nosso banheiro. Pensamos em piso laminado, piso de borracha, tapete de box…

Aí, chegamos à conclusão que a melhor saída seria comprar uma passadeira de cozinha colocada em cima de pisos flexíveis. Ideia doida? Não foi não!

O piso flexível é ótimo para usar em box de banheiro (na academia em que frequentávamos, era assim), só que é uma superfície porosa e que poderia machucar os pezinhos fininhos da Micaela. Então, compramos a passadeira e a colocamos por cima do piso flexível.

Para ajudar o banho, também compramos uma cadeirinha para a Micaela sentar e um banquinho dobrável para o Elton e para mim.

Nosso box, então, ficou assim:

Como fazer a transição do bebê da banheira para o chuveiro

Nosso box

Na foto acima, vocês conseguem visualizar o piso flexível embaixo da passadeira. No canto direito, estão o banquinho que usamos para sentar, a cadeirinha dela e os brinquedinhos dela.


Durante o banho…

Assim, o Elton e eu começamos a nos revezar, sendo que cada dia é de um para dar o banho. Quando é o dia de um dar o banho, é a vez do outro colocá-la para dormir. Ficou bom para ambos!

No primeiro dia, a Micaela chorou muito porque não estava acostumada com aquela mudança. Nos dias seguintes, começou a se acostumar e a nos ajudar ficando em pé. Utilizei o chuveirinho porque sai menos água. Já o Elton prefere utilizar o chuveiro mesmo. Cada um tem a sua maneira de dar banho nela.

Ela também adorou a ideia de brincar com os brinquedinhos do banho, pois, no chuveiro, ela tem mais espaço para "dar banho" neles.

Hoje, está sendo uma festa a hora do banho, onde ela brinca bastante com os brinquedinhos e com o chuveirinho.


Dicas essenciais para a transição da banheira para o chuveiro

Para ajudá-los(las), fiz uma lista bem legal com dicas para essa transição do bebê da banheira para o chuveiro:

  • Deixe o ambiente bem agradável para que o bebê se sinta acolhido;
  • Utilize superfícies antiderrapantes para não acontecer nenhum acidente dentro do box;
  • Compre uma cadeirinha para o bebê sentar e brincar durante o banho;
  • Leve brinquedinhos, livros de banho e outros acessórios para deixar o banheiro mais gostoso;
  • Siga uma ordem para o banho. No nosso caso, enquanto a Micaela está sentada na cadeirinha, vou lavando a cabeça, o tronco e os membros dela. Em pé, lavo as partes íntimas e as costas. Assim, o bebê não se assustará com alguma mudança;
  • Abuse do chuveirinho que sai menos água. É mais fácil porque a água não ficará caindo direto na cabeça do bebê. Além disso, o bebê também se interessará em brincar com o chuveirinho;
  • Se puder, deixe uma banheira simples dentro do box se o seu bebê não estiver espuleta como a Micaela. Assim, o seu bebê vai se adaptando aos poucos com a ideia de tomar banho no chuveiro;
  • No final do banho, faça festa junto com o seu bebê. Fale para ele que o banho foi muito gostoso, que ele comportou muito bem e que, no dia seguinte, vai ter mais um banho animado! Acredito que será um momento bem gostoso entre vocês.

Bom, pessoal, é isso! Espero que tenham gostado do post de hoje!

Gostaria de saber como foi a transição dos bebês de vocês da banheira para o chuveiro. Deixem os seus comentários no final deste post!

Um grande beijo!

Comente

comments

Amamentação: dicas da vida real
Aproveite o Dia das Crianças
Receitas de papinhas da pediatra da Micaela
Acompanhe as nossas notícias

Assine

Close