Brisa da Tarde | Curtindo a Vida a Dois

Como ser saudável depois dos 30 anos?

Oi, gente!

Tudo bem com vocês? Aqui está tudo bem!

Com o passar do tempo e o aumento das nossas responsabilidades mediante uma rotina agitada, muitas vezes, a atividade física é deixada de lado na nossa vida por muito tempo. A questão que fica é: será possível retomar uma rotina de exercícios ou existe alguma idade limite para a busca de uma vida mais saudável?

A resposta, segundo a médica e diretora técnica da Eden Clinic, em Curitiba, Marcia Simões, é não. “Independente da idade, a atividade física sempre é benéfica a não ser que a pessoa possua alguma restrição médica”. Marcia afirma: “Antes tarde do que nunca”.

Confesso que, no momento, nem eu e nem o Elton estamos encontrando tempo para voltarmos a nos exercitar. A Micaela ainda exige muito de nós por ser muito pequenina. Quando ela crescer mais um pouco, queremos voltar à academia, pois nos fazia muito bem!


A chegada aos 30…

Após os 30 anos, começamos a observar, segundo a doutora, uma diminuição na massa muscular e na velocidade do metabolismo e um aumento da gordura corporal.

“Alguns estudos demostram que um adulto perde em média 200 g de músculo por ano e ganha 600 g de gordura corporal quando não abusa da comida; com isso, passamos a não poder comer mais o que comíamos antes ou comer a mesma quantidade e ainda sim o peso aumentar. Nesse momento, reduzir o consumo dos alimentos e iniciar uma atividade física é fundamental para driblar a fisiologia e permanecer saudável e com o corpo que você deseja”, orienta.


Encontrando uma atividade prazerosa

Hoje, conforme as indicações da médica – que mudou a sua vida radicalmente, tornando-a saudável com praticas de exercícios e alimentação consciente e, da mesma forma incentiva seus pacientes -, as opções de atividade física são infinitas.

“Uma excelente escolha para quem não gosta da tradicional musculação são as artes marciais: são aulas que duram em média 1 h, tem frequência de 2 a 5 vezes por semana e queimam muitas calorias (em média 600 a até 1000 calorias por aula). É um excelente exercício para quem deseja perder aqueles quilinhos a mais adquiridos com o passar do tempo, além de serem atividades extremamente prazerosas e que liberam no nosso organismo, grande quantidade de endorfinas que nos trazem relaxamento e diminuem o stress”, indica Marcia.

Com o lema da doutora, “nunca é tarde para mudar de vida”, aproveite aquela horinha livre no almoço ou após o trabalho e inicie uma atividade física, se apropriando dos benefícios que ela proporciona no seu organismo e se mantenha, assim, sempre ativo e saudável.


Bom, pessoal, é isso! Espero que tenham gostado do post de hoje!

Beijinhos

Comente

comments

Puberdade precoce
Como cuidar dos pés dos bebês e das crianças?
Saúde mental: Cuidar da mente para ser feliz
Acompanhe as nossas notícias

Assine

Close