Brisa da Tarde | Curtindo a Vida a Dois

Entre serpentinas e confetes

Oi, gente!

Tudo bem com vocês? Aqui está tudo bem!

Hoje, começa a tradicional festa de Carnaval em todo o mundo, principalmente no Brasil. Muitas pessoas vão viajar, passear, descansar, reunir a família, dançar e curtir os quatro dias de festa. Muitos já estão se preparando para a festa desde o ano passado como os blocos carnavalescos e as tradicionais escolas de samba, além de pessoas que guardaram muito dinheiro para gastar nessa época.

A folia é muito grande! Para muitos, é uma época de libertação, onde ninguém é de ninguém e que se pode fazer tudo o que foi proibido durante o ano. São abusos de todas as formas possíveis e imagináveis.

Para outras pessoas, o Carnaval é um tempo de reflexão e de descanso. Essas pessoas vão buscar sossego em meio à natureza com as pessoas que ama. Existem também religiosos que aproveitam esse tempo para irem a retiros, encontros ou locais de meditação, fazendo orações, inclusive, para aquelas pessoas que estão "aproveitando" o Carnaval.

Temos que pensar que o Carnaval nada mais é do que um feriado como todos os outros que ocorrem durante o ano. Os abusos realizados por muitas pessoas podem gerar consequências muito graves. Em uma noite ou em um minuto, pode-se acabar com uma vida (ou vidas) construída com muito esforço e dedicação ao longo dos anos. Será que vale a pena libertar-se de uma vez de algumas amarras, mesmo sabendo que essas consequências serão desastrosas? Vale a pena a reflexão.

Sim, é muito gostoso pular Carnaval, dançar e ser feliz, mas, antes de tudo, é preciso analisar as nossas atitudes. Entre serpentinas e confetes, pode acontecer de tudo, mas somente se você quiser. Temos o nosso livre-arbítrio para, simplesmente, dizermos não a certos tipos de abusos.

Neste Carnaval, simplesmente, seja feliz! Feliz é aquele que sabe se divertir sem abuso. Feliz é aquele que dança a noite toda sem precisar se embebedar ou se drogar. Feliz é aquele que ama e sabe que é amado e não precisa se submeter a nenhum tipo de abuso sexual. Feliz é aquele que sabe as consequências de seus atos e faz de tudo para não colocar alguém ou a si mesmo em risco. Feliz é aquele que ama o próximo como a si mesmo!

Bom Carnaval a todos!

Beijinhos

Este texto faz parte da blogagem coletiva do Projeto Escrita Criativa.

Comente

comments

Minha motivação diária
Com a caneta na mão…
Quando eu o vi…
Acompanhe as nossas notícias

Assine

Close