Brisa da Tarde | Curtindo a Vida em Família

Entrevista: Como ser saudável com o(a) parceiro(a)?

Oi, gente!

Tudo bem com vocês? Aqui está tudo bem!

Hoje, a postagem é diferente. Convidei a Dra. Paula Kapritchkoff, que é a minha médica endocrinologista, para responder uma entrevista sobre como ser saudável junto com o(a) parceiro(a). Vejam a entrevista abaixo:

paulakapriBrisa da Tarde: O tema de hoje, Dra. Paula, é sobre como ser saudável com o(a) parceiro(a). Gostaria de saber o seguinte: neste mundo corrido em que nós vivemos hoje, como nós conseguimos viver saudavelmente?

Dra. Paula Kapritchkoff: Realmente, se manter saudável, no meio de tantas tarefas da mulher atual, é um grande desafio! A rotina é muito corrida, por isso, eu acredito que o segredo é a organização. Eu, por exemplo, todo dia de manhã, já saio de casa com uma marmita para o almoço e lanches saudáveis para os intervalos como frutas, barrinha de cereais ou iogurte desnatado. Também já tenho uma mochila pronta com as roupas para ir à academia, pois, se eu passar em casa, eu acabo arrumando desculpas para pular o exercício! Por isso, tente se organizar e já sair de casa focada na alimentação saudável e também nos exercícios físicos. Para mim, viver saudável é um conjunto corpo e mente, então, todos esses passos devem ser seguidos com prazer e sem radicalismos. É estar feliz, antes de tudo.

BDT: Quais alimentos nós devemos escolher para viver mais saudável?

Dra. Paula: Acredito sempre na reeducação alimentar. É saber que se pode comer de tudo, mas que se deve priorizar alguns alimentos. Indico sempre aumento de ingestão de legumes e verduras, frutas, alimentos com baixo teor de gordura e sódio e sempre dar preferência para alimentos integrais. É fundamental beber no pelo menos 2 litros de água por dia porque regula as funções do organismo e também ajuda a emagrecer. É importante fazer desses alimentos seus aliados, “brincar com a comida”, criar receitas gostosas e diversificadas, para que não se sinta eternamente “de dieta”.

BDT: Qual é a importância de se praticar atividade física?

Dra. Paula: A atividade física é fundamental para um estilo de vida saudável. Vai muito além de ajudar a emagrecer: ela libera endorfinas que são responsáveis pela sensação de bem-estar, evitam doenças osteoarticulares, melhoram a capacidade pulmonar e o(a) preparam para uma velhice mais saudável e com maior mobilidade. O exercício físico vai muito além da ajuda ao emagrecimento! Comece aos poucos, mas comece hoje!

BDT: Como saber se estamos com ou sem saúde? É fácil detectar?

Dra. Paula: A Organização Mundial de Saúde (OMS) define a saúde como "um estado de completo bem-estar físico, mental e social, e não somente ausência de afecções e enfermidades". Com essa definição, vemos como é complexo definir saúde, mas, com a ajuda de um médico, com um bom exame físico e exames complementares, podemos chegar perto de dizer se a pessoa está saudável ou não. Sempre que sentir qualquer alteração em sua saúde, mesmo que esteja na dúvida, procure um médico.

BDT:  Meu(minha) parceiro(a) não quer mudar nada em sua vida para me ajudar a ser saudável. O que fazer?

Dra. Paula: Eu tive sorte nessa parte! O meu marido fez gastronomia e sempre foi super-colaborativo em me ajudar a sempre ter comidas saudáveis e deliciosas em casa e, quando saímos, sempre tentamos optar por algum restaurante que tenha opções gostosas e saudáveis! Entendo que é um problema muito comum. Acredito que não adianta brigar e forçar… cada um tem seu tempo, mas, também acredito que não se deve esperar o parceiro começar a ser colaborativo para então começar a ter seus próprios hábitos saudáveis. Inicie sozinha as mudanças, prepare alimentos saudáveis e faça atividades físicas. É mais fácil que o parceiro mude observando as suas mudanças na prática do que com imposições.

BDT: Muito obrigada pelas informações, Dra. Paula. Gostaria de dar alguma recomendação extra aos leitores do blog?

Dra. Paula: Concordo que demora um pouco para aprender, mas é realmente uma questão de fazer da vida saudável um hábito e uma rotina. Sair um pouco da rotina, não tem problema, mas fique atento, pois o abuso constante pode abalar a sua dieta e também sua saúde.

Dra. Paula, muito obrigada pelo carinho em responder às perguntas. Um grande beijo!

A Dra. Paula Kapritchkoff é médica endocrinologista e nutróloga e dá dicas em seu Facebook sobre saúde, receitas saudáveis, emagrecimento, entre outros. Em seu Facebook, também tem informações sobre o seu consultório e como entrar em contato com ela!

Beijinhos

Comente

comments

Seja você mesmo(a) e seja feliz!
Dicas para melhorar a qualidade do sono durante a quarentena
Como ser produtivo durante a quarentena?
3 comentários
  • juliana

    Fê!
    Q vontade de chorar… Meu marido é super desencanado,não come nada saudável e eh mais fácil eu entrar na onda dele do q ele na minha… Mas como a Dra. Disse, imposição não ajuda em nada… Agora estou tentando me regrar mais e deixar ele se virar sozinho…

    Responder
    • Fernanda

      Oi, Juliana!

      Eu sei bem como é isso! Não dá para impor… Por isso, faça você e veja se ele entra na sua…

      Beijinhos

      Responder
  • Lilian

    Obrigada por esta matéria super esclarecedora. Realmente, a internet é uma ferramenta fantástica e precisa ser usada para se aprender coisas novas.

    Continue com estas entrevistas educativas, apenas acho que ao invés de fazê-la escrita poderia realizar por meio de vídeos que ficam mais atraentes.

    Bjs

    Responder
Acompanhe as nossas notícias

Assine

Close