Brisa da Tarde | Curtindo a Vida em Família

Envolvendo as crianças na magia do Natal

Oi, gente!

Tudo bem com vocês? Aqui está tudo bem!

Qual criança não fica encantada com a magia que só o Natal nos proporciona? É muito gostoso ver uma criança olhando para as luzes de Natal com os olhinhos brilhando! A Micaela ainda é pequenininha, mas eu reparo a maneira com que ela olha para a nossa árvore de Natal (que ainda não está pronta). Ela olha para as bolinhas com os olhinhos encantados.

Por causa dessa magia, é importante envolver as crianças em tudo o que for relacionado ao Natal para que elas possam participar de tudo.

Por isso, resolvi fazer uma lista com algumas coisas que você pode incluir a criança, além de receber os tradicionais presentes. Vamos a ela:


1) Faça a criança escolher um ou mais presentes para o papai e/ou para a mamãe

A escolha do presente para aquela pessoa que a gente ama é sempre um momento especial, não é verdade? Então, tente olhar isso como se fosse uma criança.

Fale para o(a) seu(sua) filho(a) que vocês vão comprar um presente para o papai ou para a mamãe e que ele(a) vai escolhê-lo. Tenha certeza de que ele(a) se empolgará e tentará escolher o melhor presente do mundo (de preferência, que caiba no seu orçamento). Acredito que será uma experiência bem legal.


2) Dê uma receita para a criança fazer sozinha

Eu me lembro de que a minha mãe morria de medo de eu ir para a cozinha para não me queimar. Então, eu cresci sem saber cozinhar. Só fui aprender quando realmente senti vontade.

Não acho legal fazer isso. É claro que você não vai deixar a sua criança mexendo no fogo sem supervisão, mas é importante que ela aprenda a se virar na cozinha!

Crianças do Junior Bake Off

Por isso, que tal escolher uma receita fácil (de preferência que não vá ao fogo) e dar à criança para que ela mesma faça? Sim, a cozinha vai virar uma bagunça, mas, com certeza, será bem divertido.

Dica de receita fácil para criança aqui do blog: Torta Gelada de Bis.


3) Coloque a criança para ajudá-los a montar a árvore de Natal

Ah, como eu gosto de montar a árvore de Natal! Era sempre uma festa montá-la em casa com a minha mãe. A gente tirava as bolinhas da caixa e ia colocando na árvore! Ô, tempo bom!

Sempre inclua a criança para ajudá-los a montar a árvore de Natal, pois essa é uma experiência marcante para a vida dela!


4) Visite algum ponto turístico iluminado com a criança à noite

Esse é um passeio que enche os olhos de crianças e de adultos. Até hoje, eu gosto de fazer esse passeio. Quero levar a Micaela neste fim de semana para que ela aprecie um pouco dessa experiência.

Elton e eu no Ibirapuera em 2011

Pode ser em qualquer lugar: praças, shoppings, ruas iluminadas, parques, etc. Não precisa ser em um lugar longe; pode ser na sua própria cidade. O importante é visitar um lugar bonito!


5) Assistam a filmes e desenhos natalinos

Uma das melhores formas de entrar no espírito natalino é assistindo a filmes e a desenhos natalinos. Nos anos anteriores, já demos algumas dicas de filmes e de desenhos. Vale a pena conferir a lista:

Tenho certeza de que o(a) seu(sua) filho(a) irá amar!!


6) Separe um espaço bem decorado para as crianças brincarem na festa de Natal

Durante a festa de Natal, separe um espaço destinado às crianças. Pode ser um tapete, uma piscina cheia de bolinhas, um pula-pula, etc. O importante é fazer com que as crianças não sejam esquecidas em uma festa em que, muitas vezes, somente os adultos se divertem, pois ela vai até de madrugada.

Não se esqueça de que a criança, quando sente sono, quer dormir imediatamente. Por isso, separe um cantinho com almofadas para que elas tirem aquele soninho gostoso!


7) Não fale para a criança que o Papai Noel não existe

Outro dia, conversando com a minha priminha de 7 anos, ela me disse que o Papai Noel de verdade tinha ido à escola dela. Eu falei: "ah, é? tem certeza de que era ele?". Ela me disse que tinha certeza. Confesso que eu me segurei para dizer que o Papai Noel não existia!

É importante não tirarmos a magia das coisas da criança. A criança precisa viver em um mundo de fantasia até quando ela quiser. Quando ela perceber que o mundo de fantasia, infelizmente, não existe, você poderá conversar com ela sobre o assunto.

Por enquanto, deixe-a ser criança pelo tempo que ela quiser, pois a inocência da criança é o que nos faz continuar e nos inspirar a termos sonhos a serem realizados!


Bom, pessoal, espero que tenham gostado das dicas de hoje! Fique à vontade para comentar neste post com mais alguma dica!

Beijinhos

Comente

comments

Cuidados odontológicos durante a gravidez
E a vida continua…
A primeira viagem de avião da Micaela
Acompanhe as nossas notícias

Assine

Close