Brisa da Tarde | Curtindo a Vida em Família

O que realmente vale a pena…

Outro dia, fuçando nas minhas coisas, eu me deparei com esta foto:

Esta foto ficava na estante de casa e a minha a tirou no momento exato em que eu andei pela primeira vez. Ela é muito importante porque é um dos momentos mais importantes da minha vida. Então, parei para pensar que me tornei mãe e estou doida para ver a minha Micaela andando pela primeira vez.

Para a gente, andar é um ato tão simples, mas, para o bebê, é algo bem complexo. O fato de ficar em pé e mexer as perninhas para caminhar exige muito equilíbrio e muito esforço.

Então, eu paro e penso: "como as nossas vidas mudam tão rápido!". Ontem, nós também éramos bebês e, hoje, aqui estamos com saúde, trabalhando, estudando ou, simplesmente, vivendo!


Uma auto-análise é sempre bom na vida da gente. No momento, estou fazendo isso! A jornada até aqui foi longa, mas acredito que valeu muito a pena dar os primeiros passinhos até chegar onde estou hoje.

Sim, passei por tanta coisa, por tantos momentos bons e, também, por muitos momentos dolorosos, mas, simplesmente, vivi e continuo vivendo! Precisamos fazer valer a pena todos os dias (Jack, que frase linda, hein?).


Reviver também é tão bom! Um hobbie que eu tenho é ver fotos, sejam elas digitais ou em papel mesmo. A minha avó tem uma caixa de fotos antigas (antigas mesmo!!) e, de vez em quando, pegamos essa caixa para reviver o passado. A minha avó, apesar dos 95 (quase 96) anos dela, consegue identificar todas as pessoas das fotos, mesmo essas pessoas sendo crianças.

Detalhe: ela ainda se lembra de quem estava tirando a foto no momento. Ela é um computador mesmo! 😀

No interior…

Quero passar esse amor pelas fotos para a Micaela. Aliás, acho que já estou passando porque ela não pode ver um celular apontado para ela que já começa a fazer gracinhas. É muito lindo!


"O que é imortal não morre no final" diz a música de Sandy & Jr. As fotos são imortais e retratam um passado, muitas vezes, tão distante, mas, ao mesmo tempo, tão perto. Que saudade dessas pessoas que ficaram imortalizadas nessas fotos!

O amor tem que ser "imortal"! Então, é importante transmitir o amor que temos por todas as pessoas importantes que passaram pelas nossas vidas para os nossos filhos. Tenho amor por pessoas que já partiram e que não conheci por causa do amor que meus familiares tinham por eles.


Acredito que me tornei uma pessoa que se importa com a família e com suas origens! A família é a nossa base e a nossa fortaleza! Então, 'bora amar todos que nos rodeiam e que se importam com a gente de verdade!

Beijinhos

Comente

comments

O que esperar do verão?
12 direitos do consumidor que você tem e não sabe
Lidando com dias difíceis
Acompanhe as nossas notícias

Assine

Close