Brisa da Tarde | Curtindo a Vida a Dois

Os benefícios da garra do diabo

Oi, gente!

Tudo bem com vocês? Aqui está tudo bem!

Hoje, vou falar um pouquinho sobre medicamentos fitoterápicos para dores. Aqui, no blog, nós já fizemos muitos posts sobre como cuidar da saúde através de tratamentos alternativos. Se ainda não viu esses textos, é só clicar aqui.

Uma das ervas que estão sendo utilizadas para dores é a garra do diabo. A garra do diabo é uma planta de origem africana que era utilizada pelos indígenas para tratamento da artrite e osteoartrite. Ela tem ação analgésica, anti-inflamatória e antirreumática.

Garra do diabo

Garra do diabo

Aumentando as defesas do organismo

Além disso, a garra do diabo em cápsulas garante o aumento das defesas no organismo, baixa o colesterol, desintoxica o fígado e melhora as funções hepáticas do corpo. Quem tem problemas intestinais e de digestão também é beneficiado pelo consumo da garra do diabo: ele ajuda digestão de alimentos gordurosos, estimulando a secreção da bílis, que é uma espécie de líquido produzido pelo fígado.

A sensação de desconforto na região do abdômen também é diluída após as refeições. Alguns estudos indicaram que a garra do diabo possui efeitos capazes de reduzir a dor no pescoço, nos ombros e nas costas.

Outros estudos já indicaram que pessoas diagnosticadas com doenças crônicas na lombar e que consumiram o produto precisaram de menos medicação, além de causar efeitos anti-inflamatórios.

Profissionais ligados à medicina natural indicam o uso da garra do diabo para uma série de outras doenças e funções, como irritação estomacal, controle da diabetes, controle e perda de apetite, febre, alergia, dores musculares, dores de cabeça, enxaquecas, etc.

Nestes casos, quem faz uso do produto pode diminuir as dores ingeridas de medicamentos usados para aliviar este tipo de dor. Se você se preocupa com seu futuro, saiba que a garra do diabo também garante uma velhice mais saudável – ela torna as articulações mais flexíveis, aumenta a imunidade e ainda protege o organismo do idoso contra doenças como gripes, pneumonias e dores de garganta.

Para extrair o melhor deste produto natural, é indicado consumi-lo como chá, já que os compostos do extrato de garra do diabo agem sinergicamente e não isoladamente.

Outra dica legal é aliar a garra do diabo à isoflavona de soja. Quando você ingere essa substância, a flora bacteriana a absorve e a leva pela corrente sanguínea aos tecidos. A isoflavona tem ação antioxidante, combatendo os radicais livres.

Para as mulheres, é uma fonte de reposição hormonal natural muito interessante para quem está na fase da menopausa.

Cuidados para se ter antes começar a tomar a garra do diabo

Não devem ingerir a garra do diabo pessoas que têm problemas como úlceras estomacais, pedra na vesícula, além de gestantes e mulheres que estão amamentando.

Estudos também revelam que o uso da garra do diabo diminui as dores e melhora o funcionamento físico de indivíduos diagnosticados com osteoartrite.

Mude seus hábitos e passe a viver se alimentando melhor, atrelando tudo isso à atividades físicas praticadas regularmente. O acompanhando médico também deve ser feito, já que o profissional irá indicar os melhores suplementos naturais que você deve adicionar à sua dieta e o que mais combina com as suas necessidades.

Antes de tomar qualquer medicamento ou suplemento alimentar, peça orientação ao seu médico.


Bom, pessoal, é isso! Espero que tenham gostado do post de hoje!

Beijinhos

Comente

comments

Os benefícios do rabanete para a saúde
Benefícios do queijo na terceira idade + receita
Torta de chocolate sem glúten para a Páscoa

CommentLuv badge

1 comentário
Acompanhe as nossas notícias

Assine

Close