28/08/2015
  • Assuntos diversos

Nosso momento é agora!

tempo2Tem dias que a gente acorda e pensa: “mais um dia!”. O estresse do dia-a-dia nos faz pensar assim. Confesso para vocês que eu venho me sentindo assim já faz um tempo. A reforma da nossa casa nos tem dado muitas alegrias, mas também muita correria e muito cansaço.

Estive pensando bastante sobre isso. Será que vale a pena perder tempo com besteiras? Meu marido e eu estávamos analisando isso outro dia. Daqui a pouco, vai fazer dois anos que nos casamos e ainda não estamos na nossa casa! O tempo passou muito rápido! Eu ainda me lembro com detalhes do nosso grande dia! Não parece que o tempo correu tanto assim!

Por isso, o nosso momento é agora! Não podemos perder tempo chorando pelo leite que ainda nem pensou em cair e derramar no chão! Vamos deixar a ansiedade de lado e pensar no que fazer hoje! Se vivermos bem, com saúde e alegria, vamos envelhecer do mesmo jeito.

Eu escuto tanta gente dizendo o seguinte: “ah, quando eu me aposentar, eu faço a viagem dos meus sonhos!”. Será mesmo que vale a pena? Será que, quando você se aposentar, você terá pique para fazer essa tal viagem? Será que terá uma boa saúde? Será que seus filhos ainda estarão dependendo de você? Por que não se dedicar a essa viagem ou a esse sonho hoje? O que falta para realizá-lo?

tempoAcredito que todo mundo tem oportunidade de realizar um sonho na vida, seja ele qual for. É claro que é preciso ter sempre pé no chão. Se viajar é seu sonho, por que não tentar economizar um pouco para conseguir isso na sua vida? Desafie-se! Eu sei que você consegue! Eu estou me desafiando porque tenho alguns sonhos que eu quero realizar antes de me aposentar e antes mesmo de tentar engravidar.

A vida é feita de desafios! Outro dia, minha colega de trabalho me disse: “quando a maré está calma, tome cuidado porque, logo logo, vem uma onda gigantesca para nos desequilibrar!”. É verdade mesmo! A vida é assim! Aí, nós costumamos falar: “puxa, estava tudo tão bem e isso teve que me acontecer justo agora?”. Pois é! A vida é feita de altos e baixos. Basta a gente tentar sempre ser feliz!

Por isso, eu digo: “desafie-se!”. Eu sei que você consegue! Não se abale por poucas coisas! Um dia, você colherá frutos desse desafio. Seu momento é agora!

Este texto faz parte do Projeto Escrita Criativa para o mês de agosto.

                   
                                         
                   
27/08/2015
  • Casa

Diferenças entre cerâmicas e porcelanatos

Oi, gente!

Tudo bem com vocês? Aqui está tudo bem!

No texto da semana passada, falei para vocês que fomos obrigados  a retirar os pisos da nossa casa porque o primeiro pedreiro não utilizou argamassa suficiente para assentá-los e compramos porcelanatos para colocar lá. Por isso, resolvi fazer esta postagem para que vocês entendam qual é a diferença entre porcelanato e cerâmica. Vamos lá?

Principais diferenças

A cerâmica tradicional é composta de uma mistura de argilas que passa pelos processos de prensagem ou de extrusão e é queimada até 1.150°C. Depois da prensa, as placas são secas e podem receber esmalte (decoração). Se elas forem extrudadas a vácuo, retira-se o excesso de umidade da massa, facilitando a criação de formas diferenciadas.

Já o porcelanato tem materiais mais nobres (como o feldspato), queimados a temperaturas superiores a 1.200°C. Ele é tecnicamente superior, pois oferece elevada resistência mecânica, química e baixa porosidade (menos suscetível a manchas).

Antigamente, o porcelanato era bem caro (ainda existem porcelanatos muito caros no mercado), mas, com a popularização e variações deles, você consegue encontrar porcelanatos com preços bem legais (de R$ 20,00 a R$ 40,00 o metro quadrado).

Tipos de porcelanatos

Polidos: a superfície mais lisa é a polida. Após ter a massa pronta, a peça recebe um polimento e uma camada protetora. Todo porcelanato polido é extremamente liso e, por isso, é indicado para áreas secas da casa como salas, corredores, quartos. Eles podem ser usados em outros ambientes, mas é importante saber que, principalmente quando entram em contato com água, este porcelanato se torna bastante escorregadio.

Esmaltados: os porcelanatos esmaltados recebem uma camada de esmalte por cima da massa com o desenho (estampa) desejado. A indicação técnica para o seu uso é a superfície que pode ser lisa ou áspera, brilhante ou mate, e o PEI. Os mais brilhantes são mais escorregadios.

Natural: é bastante resistente e pouco escorregadio e, por isso, pode ser usado em áreas comerciais e residenciais. Possui superfície mate que torna o ambiente aconchegante.

Acetinado: possui leve brilho acetinado.

O que é PEI?

Para as peças esmaltadas tanto da cerâmica quanto do porcelanato, é atribuída uma classificação que mede o desgaste do esmalte que é chamada de PEI. O PEI varia de 0 a 5, sendo 0 resistência muito baixa e 5 resistência alta, ou seja, quanto maior o índice, maior a capacidade da superfície do produto de aguentar os atritos de tráfego de pessoas, objetos, equipamentos e veículos. Veja a tabela abaixo:

CRÉDITO: Inovat

Piso retificado e bold

CRÉDITO: Inovarq

As placas de piso retificado podem ser encontradas em cerâmica ou porcelanato e possuem acabamento reto e preciso, pois são cortadas por discos de diamante, o que deixa as suas bordas mais retas e sua superfície mais fina. Dessa forma, é possível instalar o piso de maneira uniforme e com alinhamento total. Por utilizar menos rejunte, o piso retificado tem um acabamento mais regular e sem a necessidade de retoques, o que causa um efeito visual agradável e sofisticado ao ambiente.

Além disso, usando menos rejunte, o custo da obra é menor, além de causar menos sujeira. Este tipo de produto possui uma vida útil longa por conta de seu elaborado processo de fabricação, por isso, dificilmente causará algum problema depois de aplicado. Para o piso retificado, costuma-se utilizar a junta seca para fazer o assentamento. Neste tipo de instalação, as peças são encostadas umas nas outras, porém, é preciso utilizar uma argamassa flexível e manter um espaçamento mínimo de 1,5 mm entre elas, caso ocorra dilatação do piso.

O piso bold é o chamado tradicional e é o acabamento mais comum e conhecido das cerâmicas. Ele apresenta um arredondamento nas bordas das peças e, por isso, não possui em suas laterais uma superfície tão precisa quanto ao das peças retificadas. Neste caso, o espaçamento entre cada peça precisa ser maior, com juntas de, no mínimo, 3 mm ou de acordo com as especificações do fabricante. Desta forma, o rejunte fica mais aparente.

Limpeza

Os cuidados de limpeza para o porcelanato e para a cerâmica são praticamente iguais. Para limpá-los, use vassoura ou aspirador. Depois, passe um pano umedecido com detergente neutro e finalize com um pano seco. No caso de limpeza pesada, use saponáceo cremoso ou líquido ou soluções com cloro ativo, diluídos conforme a indicação do fabricante.

Para entender mais sobre o assunto, o Programa Casa Sul fez um vídeo muito legal sobre isso:

Gostaram das dicas? Espero que sim!

Beijinhos

                   
                                         
                   
26/08/2015
  • Vida Saudável

Entrevista: Como ser saudável com o(a) parceiro(a)?

Oi, gente!

Tudo bem com vocês? Aqui está tudo bem!

Hoje, a postagem é diferente. Convidei a Dra. Paula Kapritchkoff, que é a minha médica endocrinologista, para responder uma entrevista sobre como ser saudável junto com o(a) parceiro(a). Vejam a entrevista abaixo:

paulakapriBrisa da Tarde: O tema de hoje, Dra. Paula, é sobre como ser saudável com o(a) parceiro(a). Gostaria de saber o seguinte: neste mundo corrido em que nós vivemos hoje, como nós conseguimos viver saudavelmente?

Dra. Paula Kapritchkoff: Realmente, se manter saudável, no meio de tantas tarefas da mulher atual, é um grande desafio! A rotina é muito corrida, por isso, eu acredito que o segredo é a organização. Eu, por exemplo, todo dia de manhã, já saio de casa com uma marmita para o almoço e lanches saudáveis para os intervalos como frutas, barrinha de cereais ou iogurte desnatado. Também já tenho uma mochila pronta com as roupas para ir à academia, pois, se eu passar em casa, eu acabo arrumando desculpas para pular o exercício! Por isso, tente se organizar e já sair de casa focada na alimentação saudável e também nos exercícios físicos. Para mim, viver saudável é um conjunto corpo e mente, então, todos esses passos devem ser seguidos com prazer e sem radicalismos. É estar feliz, antes de tudo.

BDT: Quais alimentos nós devemos escolher para viver mais saudável?

Dra. Paula: Acredito sempre na reeducação alimentar. É saber que se pode comer de tudo, mas que se deve priorizar alguns alimentos. Indico sempre aumento de ingestão de legumes e verduras, frutas, alimentos com baixo teor de gordura e sódio e sempre dar preferência para alimentos integrais. É fundamental beber no pelo menos 2 litros de água por dia porque regula as funções do organismo e também ajuda a emagrecer. É importante fazer desses alimentos seus aliados, “brincar com a comida”, criar receitas gostosas e diversificadas, para que não se sinta eternamente “de dieta”.

BDT: Qual é a importância de se praticar atividade física?

Dra. Paula: A atividade física é fundamental para um estilo de vida saudável. Vai muito além de ajudar a emagrecer: ela libera endorfinas que são responsáveis pela sensação de bem-estar, evitam doenças osteoarticulares, melhoram a capacidade pulmonar e o(a) preparam para uma velhice mais saudável e com maior mobilidade. O exercício físico vai muito além da ajuda ao emagrecimento! Comece aos poucos, mas comece hoje!

BDT: Como saber se estamos com ou sem saúde? É fácil detectar?

Dra. Paula: A Organização Mundial de Saúde (OMS) define a saúde como “um estado de completo bem-estar físico, mental e social, e não somente ausência de afecções e enfermidades”. Com essa definição, vemos como é complexo definir saúde, mas, com a ajuda de um médico, com um bom exame físico e exames complementares, podemos chegar perto de dizer se a pessoa está saudável ou não. Sempre que sentir qualquer alteração em sua saúde, mesmo que esteja na dúvida, procure um médico.

BDT:  Meu(minha) parceiro(a) não quer mudar nada em sua vida para me ajudar a ser saudável. O que fazer?

Dra. Paula: Eu tive sorte nessa parte! O meu marido fez gastronomia e sempre foi super-colaborativo em me ajudar a sempre ter comidas saudáveis e deliciosas em casa e, quando saímos, sempre tentamos optar por algum restaurante que tenha opções gostosas e saudáveis! Entendo que é um problema muito comum. Acredito que não adianta brigar e forçar… cada um tem seu tempo, mas, também acredito que não se deve esperar o parceiro começar a ser colaborativo para então começar a ter seus próprios hábitos saudáveis. Inicie sozinha as mudanças, prepare alimentos saudáveis e faça atividades físicas. É mais fácil que o parceiro mude observando as suas mudanças na prática do que com imposições.

BDT: Muito obrigada pelas informações, Dra. Paula. Gostaria de dar alguma recomendação extra aos leitores do blog?

Dra. Paula: Concordo que demora um pouco para aprender, mas é realmente uma questão de fazer da vida saudável um hábito e uma rotina. Sair um pouco da rotina, não tem problema, mas fique atento, pois o abuso constante pode abalar a sua dieta e também sua saúde.

Dra. Paula, muito obrigada pelo carinho em responder às perguntas. Um grande beijo!

A Dra. Paula Kapritchkoff é médica endocrinologista e nutróloga e dá dicas em seu Facebook sobre saúde, receitas saudáveis, emagrecimento, entre outros. Em seu Facebook, também tem informações sobre o seu consultório e como entrar em contato com ela!

Beijinhos

                   
                                         
                   
25/08/2015
  • Passeios e viagens

Passeio de jardineira em Serra Negra

Oi, gente!

Tudo bem com vocês? Aqui está tudo bem!

Uma das cidades que eu mais gosto no interior de São Paulo é Serra Negra. Ela é Estância Hidromineral e tem um clima muito gostoso de montanha, aliado às fontes de águas minerais com poderes terapêuticos e sua rica beleza natural, tornaram-lhe conhecida como “Cidade da Saúde”. Quando podemos, vamos à Serra Negra e Águas de Lindoia dar uma relaxada. É tanta coisa linda que sei que ainda não vi, mas que ainda vou conhecer.

Serra Negra também é um lugar muito bom para fazer compras de malhas e queijos porque os preços são bem atrativos.

Um passeio legal que eu fiz com o Elton foi andar de jardineira até as principais fontes da cidade, além de um city tour bem bonito. A jardineira é toda retrô e você já se sente no início do século XX. Tocam músicas da época também. Muito gostoso! Vale muito a pena o passeio!

Vejam algumas fotos oficiais do passeio de jardineira:

Nós tiramos poucas fotos nesse dia, porque queríamos curtir mais o dia. Estas foram as nossas fotos:

Dentro da jardineira

Dentro da jardineira

Bebendo água da Fonte Santa Luzia:

Gostaram? Posso dizer que eu amei e não vejo a hora de voltar a Serra Negra para desfrutar de mais passeios por lá!

Beijinhos

                   
                                         
                   
24/08/2015
  • Casa

Vantagens de se ter uma lava-louças em casa

Oi, gente!

Tudo bem com vocês? Aqui está tudo bem!

Um sonho de consumo que eu quero ter na minha casa é uma lava-louças. Na casa dos meus pais, nunca teve lava-louças e eu sempre me perguntei o motivo. Outro dia, resolvi perguntar e me disseram que era um trambolho que não servia para nada porque a gente tem que tirar a sujeira mais grossa para depois colocar na lava-louças, além dela não lavar panelas e gastar água e energia elétrica. Fiquei pensando: se é assim, então por que muita gente tem?

O meu primo sempre teve lava-louças e, quando casou, foi uma das primeiras coisas que ele comprou. Ele me disse que junta a louça do café da manhã, do almoço e do jantar na lava-louças para ligá-la somente à noite. E sim: as lava-louças de hoje lavam panelas.

Então, fui pesquisar as vantagens de se ter uma lava-louças em casa e achei algumas dicas:

Economia de água e de energia elétrica

Lavar louça à mão com uma torneira semi-aberta por 15 minutos consome 117 litros de água (fonte: Sabesp, “Uso Racional de Água” – www.sabesp.com.br). Já uma lava-louças gasta apenas 20 litros em um ciclo de lavagem completo.

Aproveitar melhor o seu tempo e o de sua empregada

Lavar louças todos os dias é uma tarefa que atrapalha muito o nosso dia-a-dia. Vamos pensar então quando temos uma empregada: se ela não estiver “perdendo tempo” lavando louça, ela estará realizando outra tarefa e aproveitará melhor o tempo.

Unhas e mãos mais bonitas

O detergente acaba com as nossas mãos e unhas.  A constante exposição à água e ao detergente pode tornar a pele ressecada, áspera, causar alergias e até descamações. Isso sem mencionar as unhas, que podem se tornar quebradiças, ou seja, adeus, esmalte…

Menos discussões entre família

Em casa, sempre foi uma guerra sobre de quem é a vez de lavar a louça. Acredito que ninguém gosta de lavar louça, mas é necessário. Com uma lava-louças, é só colocá-las no compartimento adequado para cada peça e mandar brasa.

Não é necessário pré-lavagem

Hoje em dia, as máquinas estão muito mais modernas. É só retirar o excesso de comida (como fazemos quando lavamos louça manualmente) e colocá-las na lava-louças. Não tem erro.

Quer saber mais? Então, dê uma olhadinha neste vídeo:

Ah, eu só posso dizer que eu quero uma dessas em casa.

Beijinhos