26/08/2017
  • Amor e intimidade

Orgasmo… você já sentiu um?

Oi, gente!

Tudo bem com vocês? Aqui está tudo bem!

Hoje, vou falar um pouquinho sobre um assunto polêmico, mas, ao mesmo tempo, muito importante na vida da gente: o tal do orgasmo. Eu leio muito sobre esse assunto nas revistas femininas como a Cosmopolitan e a Claudia (sim, eu as compro todo mês) e também converso bastante com outras mulheres. Eu fico impressionada ao saber que muitas mulheres nunca sentiram um orgasmo. Oi? O que será que acontece?

Tabu?

Muitas mulheres foram criadas em ambientes onde falar sobre sexo sempre foi considerado um tabu. Confesso para vocês que eu fui criada assim. Mesmo adultas, muitas mulheres não conseguem falar abertamente sobre esse assunto por causa da pressão psicológica que sofreram na infância e na adolescência. Aí, não conseguem se soltarem para os seus namorados e/ou maridos, fazendo com que o seu prazer pessoal se anule.

A relação sexual tem que ser debatida abertamente entre os casais. O(a) parceiro(a) tem que saber exatamente como o(a) outro(a) gosta de ser tocado(a) para conseguir chegar ao orgasmo. Existem mulheres que são tão travadas que só têm relações sexuais com o marido no escuro ou à meia-luz porque têm vergonha do corpo, porque acham o sexo uma coisa suja, entre outras possibilidades.

Tá na vida da gente!

Gente, o sexo faz parte da vida da gente! Nós nascemos porque os nossos pais, um belo dia, teve uma relação sexual e, assim, se deu a gravidez (menos eu porque a cegonha me trouxe :D). Então, o sexo é uma coisa maravilhosa porque é assim que se gera uma vida. Quer coisa mais linda que isso?

Orgasmo

Orgasmo a dois é uma delícia

Então, vamos todas parar com neuras e saber que nós temos direito a sentir prazer e ter um orgasmo maravilhoso. Como você gosta de ser tocada? Já parou para pensar? Então, descubra o que lhe dá prazer e converse com o seu namorado e/ou esposo sobre isso. Não tenha vergonha! Se você não falar para ele como gosta de sentir prazer, ele nunca vai saber!

Outra dica legal para você se autodescobrir é visitar boutiques eróticas ou as chamadas sex shops. Pense que você está indo a uma loja feminina para comprar algo que vai lhe dar prazer. Não tenha medo de dizer à vendedora o que você quer. Ela é uma especialista no assunto e vai lhe ajudar a encontrar o acessório ideal para você. Uma dica é começar com os cremes estilo “esquenta e esfria”. Tem marcas excelentes no mercado e que não dão alergia. Fica a dica!

A melhor maneira de se chegar ao orgasmo é desencanando. Relaxe e sinta o prazer! Você vai saber que chegou lá porque terá uma sensação muito diferente! Pode ter certeza! Sabe quando você está em uma montanha-russa e vai descer a primeira montanha? Pois é. É parecido! 😀

Faça desse momento uma maneira de se redescobrir como mulher e como amante. Saiba que você não será mais a mesma depois disso! Então, coloque, ainda hoje, aquela lingerie bem linda e seja feliz! Aqui no blog, já demos várias dicas sobre como fazer aquela noite especial para vocês dois! É só acessar este link!

Tenho certeza de que o seu namorado/marido ficará muito feliz ao saber que conseguiu fazê-la mais feliz!

Bom, pessoal, espero que tenham gostado do post de hoje!

Beijinhos e bom final de semana!

                   
                                         
                   
23/08/2017
  • Vida Saudável

Mitos e verdades sobre o sabonete íntimo

Oi, gente!

Tudo bem com vocês? Aqui está tudo bem!

Forte aliado na saúde da mulher, o sabonete íntimo merece algumas atenções para não ser utilizado de forma incorreta e causar problemas. Por ser um produto de uso específico, ele deve ter detergência suave, que remove restos de células, gorduras e sujidades da região vaginal sem atacar o manto lipídico, a camada de proteção que permite a transpiração e, ao mesmo tempo, preserva a pele hidratada.

Um produto com alta detergência não suave põe em risco o manto lipídico e, consequentemente, deixa a pele vulnerável a infecções e a situações como desconforto, irritação e coceira. Por isso, a mulher deve observar algumas caraterísticas importantes dos sabonetes íntimos, como a classificação de hipoalergênico e a informação de que é dermatologicamente testado.

“Os sabonetes íntimos são válidos porque possibilitam à mulher fazer uma higiene adequada na região vaginal, sem agressões. É interessante porque a água sozinha não retira toda a sujetividade nem a escamação de células, água é simplesmente água, não tem esse poder de detergência”, endossa a ginecologista Patrícia de Rossi, membro da Comissão Editorial da Associação de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo (SOGESP), que afirma ainda que o produto pode ser usado diariamente.

A região íntima é muito delicada e necessita de produtos específicos para ela

Durante o período menstrual e a menopausa

No período menstrual, Patrícia de Rossi diz que é até melhor que o uso do sabonete líquido seja intensificado. “Sabemos que só o papel higiênico não resolve, pois, às vezes, não limpa, apenas absorve. Os sabonetes íntimos oferecem uma sensação de frescor, de limpeza. Outro aliado da mulher são os lenços umedecidos, que servem para complementar essa higiene. É uma alternativa interessante, principalmente se estiver fora de casa e não tiver como se lavar. No entanto, é preciso prestar atenção no tipo de lenço que está sendo usado. Alguns não são indicados para a região vaginal e agridem demais a pele”, alerta a ginecologista.

Em relação à menopausa, que tende a deixar a pele da vulva mais seca, Patrícia esclarece que a mulher ainda pode lançar mão de outro produto caso sinta uma sensação constante de pinicação: um creme hidratante. “Não há problema nenhum, desde que passe na região que tem pele (grandes lábios). Tanto o sabonete quanto o hidratante só devem ser passados na região externa. Algumas pessoas acham que esse tipo de produto é necessário para equilibrar o pH da vagina, mas isso não tem nada a ver. A vagina elimina naturalmente as células descamadas. Eles são apenas para tirar a sujetividade e descamação nas partes externas. É importante dizer que devem ser aplicados no mesmo sentido, primeiro na parte da frente, depois de trás”.

Cuidados

É fundamental esclarecer que os sabonetes íntimos não tratam infecções. Portanto, se a mulher sofrer de algum problema, a recomendação é que procure um médico. “Neste caso específico, ela deve tratar a infecção e suspender o uso do sabonete. Se tiver corrimento, pode continuar usando para ajudar a manter a higiene, mas precisa saber que apenas o sabonete não vai resolver o problema. Inclusive, se a vulva estiver muito irritada, ela não irá conseguir manter o uso dele por estar com a pele muito sensível”, orienta a especialista.

Patrícia de Rossi explica ainda que existem alternativas naturais aos sabonetes íntimos industrializados. “O problema das alternativas naturais é que a pessoa não vai saber se tem as características certas, mas, atualmente, há até versões de cosméticos veganos assim como sabonetes artesanais. Porém, é preciso tomar cuidado e saber direito qual foi a matéria-prima utilizada e todos os seus componentes. Quanto menos componentes, menor é a chance de causar alergia”.

Dicas

  • Opte por sabonete líquido, que não possa ser compartilhado com outras pessoas, pois, no caso dos produtos em barra, é normal ficar resíduos do local onde foi usado;
  • Existem alguns sabonetes com perfumes ou neutralizador de odores. Se não causar irritação, não há problema algum em usá-los;
  • Utilizar sempre sabonetes íntimos e lenços umedecidos que não contenham álcool;
  • Saber se o produto é específico para a região genital. Se a mulher utilizar produtos que não seguem a formulação correta, estará mais suscetível a ter problemas, uma vez que a pele estará menos protegida;
  • Evitar produtos bactericidas;
  • Outra dica legal é utilizar shampoo de bebê para lavar a região íntima. Como é produto é neutro e favorece a pele do bebê, a mesma sensação será para a região íntima da mulher.

Antes de qualquer coisa, converse com o seu ginecologista sobre essa questão. É muito importante nos orientarmos com os especialistas das áreas antes de tomarmos qualquer decisão.

Espero que tenham gostado do post de hoje!

Beijinhos

                   
                                         
                   
22/08/2017
  • Passeios e viagens

São Thomé das Letras

Oi, gente!

Tudo bem com vocês? Aqui está tudo bem!

A nossa primeira viagem como um casal foi em junho de 2009 e o destino escolhido foi a cidade de São Thomé das Letras, em Minas Gerais. Escolhemos essa cidade porque ela nos chamou a atenção por ser um tanto quanto mística.

São Thomé das Letras fica no sul de Minas Gerais a cerca de 1.400 metros de altitude. Ela é cercada de muitas grutas, vales, cachoeiras e trilhas. Um lugar muito gostoso de visitar! A cidade é toda de pedra são tomé, aquelas pedras que costumamos usar ao redor de piscinas porque não esquenta.

A cidade foi construída em cima de um solo rochoso que gera um grande campo magnético. Isso faz com que muitas lendas surjam a partir disso. É muita história para contar!

Hospedagem

Nós nos hospedamos na Pousada dos Anjos, uma pousada charmosa e com um precinho camarada. A pousada é muito linda e tem um café-da-manhã mineiro delicioso!

São Thomé das Letras

Pousada dos Anjos

Ficamos em um quarto simples, mas muito fofo. A nossa janela dava vistas a um vale lindíssimo.

São Thomé das Letras

Acordar com essa vista não tem preço!

Olhando para esse vale, eu me lembro que o Elton ficou impressionado na primeira noite ali. Dormimos com a janela aberta para ficar admirando esse vale lindo. No meio da noite, o Elton acordou e foi para a janela. Ele me disse que viu uma luz muito forte se movimentando muito rápido de uma montanha para a outra. Não parecia avião porque se movimentava muito rápido.

Ele chegou a me chamar, mas eu estava tão cansada que eu disse que veria no dia seguinte. 😀 Ele ficou bravo comigo! Só sei que ele ficou sentado na cama a noite inteira tentando entender o que ele tinha visto! Segredos de São Thomé das Letras.


Passeios e restaurantes

Depois de um café-da-manhã delicioso, saímos para conhecer a cidade. Ela é toda de pedra e os carros têm dificuldades de andar ali. Se você não quiser prejudicar o seu carro, ande a pé ou alugue um 4×4.

A cidade é muito linda e tem estilo bem mineiro mesmo! Tem muitas lojinhas místicas e restaurantes deliciosos!

São Thomé das Letras

São Thomé das Letras

São Thomé das Letras

Nós almoçamos no Restaurante da Sinhá que tem uma comida mineira feita no forno à lenha que é divina! O melhor de tudo: é baratinha!!!

São Thomé das Letras

Para fazer os passeios, contratamos um jipeiro para nos levar aos pontos turísticos mais famosos do lugar. Fomos até a famosa Ladeira do Amendoim, onde dizem que “o carro desce para cima”. Gente, eu nunca vi aquilo! Queria poder ter filmado na época!

O nosso guia e motorista estacionou o jipe na ladeira e o deixou em ponto morto. Ao invés do carro descer, o carro começou a subir sozinho! É um negócio doido aquilo!

De lá, fomos comprovar que ali tinha um campo magnético fortíssimo. Existem duas pedras que marcam os pontos positivos e negativos. O nosso guia me pediu para subir em cima da pedra que tinha energia negativa e abrir os braços. Gente, a minha pressão caiu! Precisei me sentar! Parece que a pedra sugou a minha energia! Fiquei um tempo sentada no chão até me recuperar!

Para melhorar, o nosso guia me pediu para subir em cima da pedra com energia positiva e abrir os braços. Sim, eu melhorei na hora!

O nosso guia nos disse que, por causa do solo, o local vira um imã gigantesco e realmente ali tem energia. O Elton, para comprovar tudo isso, resolveu levar o multímetro dele para saber se realmente passa energia no lugar. O Elton mediu o solo e o multímetro acusou a corrente elétrica passando ali! Muito legal!

São Thomé das Letras

Perto das pedras que sugam e nos dão energia


Dia de chuva

O dia seguinte amanheceu com muita chuva. Ficamos muito tristes por não poder aproveitar o lugar. Aí, paramos para pensar: se não sairmos um pouco, não vamos aproveitar nada! Então, a dona do hotel nos disse que, quando chove, muitas pessoas costumam fazer o passeio de quadriciclo, colocando capas de chuva e sacos plásticos nos pés para não sujar demais os tênis. Foi o que fizemos!

Encontramos uma empresa que alugava quadriciclos no centro da cidade e fomos passear. O guia nos levou para a Cachoeira do Flavio. Como choveu bastante, a água estava meio lamacenta, mas não tirou a sua beleza!

São Thomé das Letras

Capas de chuva e sacos plásticos nos pés

São Thomé das Letras

Quadriciclo com o maridão

São Thomé das Letras

Sim, tô me achando… kkkk…

São Thomé das Letras

Cachoeira do Flávio

São Thomé das Letras

Amor na Cachoeira do Flavio

São Thomé das Letras

Ié, ié!

Depois de lá, ainda demos uma passadinha na cachoeira Vale das Borboletas. É linda! Muitas pessoas costumam se banhar ali, mas nós não tivemos essa coragem não porque estava frio.

Não liguem para a minha cara não! É que eu tinha acabado de escorregar e cair no meio da água! Só para constar…

São Thomé das Letras

Sim, eu caí…

São Thomé das Letras

Cachoeira Vale das Borboletas – detalhe – minha cara de quem tinha acabado de cair


À noite, a chuva deu uma trégua e fomos jantar na Pizzaria Ser Criativo. Eles servem pizza na pedra! Gente, que pizza gostosa!!! Valeu cada centavo!!

São Thomé das Letras

Pizzaria Ser Criativo

São Thomé das Letras

Nós na Pizzaria Ser Criativo

Fundação Harmonia

No dia seguinte, a dona da pousada nos indicou um passeio bem diferente: passar um dia inteiro na Fundação Harmonia. Pegamos o nosso carro e fomos para lá. Trata-se de uma entidade sem fins lucrativos, onde moram algumas pessoas que vivem de maneira ecológica e natural.

A fundação é lindíssima. Tem monumentos homenageando todas as religiões e crenças. Os moradores cuidam do lugar e tratam os visitantes como se fossem da família.

Nós almoçamos na fundação. O almoço foi vegetariano, mas muito delicioso. A fundação também é uma pousada, onde as pessoas podem se hospedar e participar da rotina dos moradores e de cursos e terapias que eles proporcionam a todos. Adorei conhecer o lugar porque me transmitiu uma paz muito grande! Quero voltar lá!

São Thomé das Letras

Monumento indiano

São Thomé das Letras

Monumento indiano

São Thomé das Letras

Monumento dedicado às mulheres


Bom, pessoal, esta foi a nossa primeira viagem em casal! Foi muito agradável e inesquecível!

Beijinhos e até a próxima!

                   
                                         
                   
19/08/2017
  • Casamento

O que servir em um casamento de manhã?

Oi, gente!

Tudo bem com vocês? Aqui está tudo bem!

Atualmente, já existem muitos casais que estão realizando a cerimônia de seus casamentos de manhã. Além de ser uma opção mais econômica, fica um casamento muito lindo e chique! Além disso, é uma das melhores opções para quem vai fazer fotos ao ar livre e para as crianças e idosos que costumam se cansar mais.

O casamento de dia ajuda muito o fotógrafo

Vamos supor que a cerimônia do seu casamento se inicie às 10:00 h e termine às 11:00 h. Você tem uma gama de opções servir na recepção do seu casamento. Quer ver? Vamos às dicas:

1. Brunch

O brunch é uma mistura de café da manhã com almoço. No sul do Brasil, muitas pessoas chamam o brunch de café colonial. Esse tipo de refeição é ideal para uma recepção em casa ou em uma chácara charmosa.

O cardápio do brunch pode ser composto de:

Comidinhas

Pães variados, bolos com e sem cobertura, cereais, saladas de frutas, tortas doces e salgadas, pães de queijo, waffles, crepes, frios em geral, panquecas, croissants, salada verde e uma massa para o almoço.

Bebidas

Sucos, chás e cafés. As bebidas alcoólicas são dispensáveis neste tipo de evento, mas se os noivos quiserem, podem servir um vinho branco para harmonizar com os frios e com a massa e um espumante para o brinde.

Brunch - casamentos de manhã

Crédito: Martha Stewart Weddings

2. Bolo com champanhe

Se o casamento for bem cedo, você pode servir o tradicional bolo com champanhe. Neste caso, as pessoas vão saber que não haverá festa, mas apenas uma recepção formal para comemorar a data com os noivos.

O bolo

Como o bolo é a sensação da festa, escolha um que tenha um sabor bem marcante e que agrade a todos os convidados. Sabores que as pessoas gostam bastante são os de fruta, como morango, abacaxi, pêssego, etc., ou de mousse de frutas cítricas como o maracujá e o limão. Muitas pessoas não gostam de chocolate, então, opte por um pão-de-ló branco. Calcule cerca de 400 g de bolo por pessoa.

Champanhe, frisante ou espumante?

Saiba que o tradicional champanhe é caríssimo, então, considere servir frisantes e espumantes. Os vinhos frisantes e espumantes são aqueles que são fermentados e mantidos com o próprio gás da fermentação.

O vinho frisante fermenta somente uma vez e é a partir dessa única fermentação que é produzido o gás carbônico. Já o espumante é um vinho com gás carbônico originário da segunda fermentação natural de um vinho base que já estava fermentado, ou seja, não há adição artificial de gás carbônico.

Calcule cerca de 1 garrafa de espumante ou frisante para duas pessoas.

Bolo e champanhe - casamentos de manhã

Crédito: Mulherando

3. Almoço

Se o seu casamento começar a partir das 11 horas, considere servir um bom almoço para os seus convidados. São vários cardápios que você pode seguir como churrasco, massas, comida japonesa, entre outros. Lembre-se de que o almoço formal tem que ter o seguinte cardápio:

  • Entrada
  • Prato principal
  • Acompanhamento
  • Sobremesa
  • Bebidas

Aqui, você tem uma maior opção de comidas para serem servidas. Escolha uma de acordo com o seu bolso.

Churrasco - casamentos de manhã

Crédito: As Lembrancinhas de Casamento

4. Buffet de crepes

O cardápio escolhido para o casamento da minha irmã Adriana foi o buffet de crepes. Ela se casou pela manhã e fez uma festa para a família e amigos mais chegados no salão do prédio dela. Por ser uma opção econômica (eles queriam mesmo era viajar), escolheram o buffet de crepes para ser servido no casamento.

É uma opção muito chique e que está muito em alta nos chamados mini-weddings (pequenas recepções). Você também pode servir uma massa, se achar que o buffet de crepes é muito simples para o seu casamento.

Comidinhas e crepes

Neste estilo de buffet, são servidas saladinhas de folhas, minitorradas, antepastos e patês.

Para os crepes, os noivos podem escolher diversos recheios salgados e doces que podem ser servidos aos convidados. Os recheios mais pedidos são frango com catupiry, carne seca, calabresa, creme de camarão, quatro queijos, doce de leite, chocolate, morango com chantili, banana com canela, etc. Aí, vai do buffet e da criatividade dos noivos.

Bebidas

Aqui, podem ser servidos refrigerantes, sucos, águas aromatizadas, vinho branco e espumante.

Buffet de crepe - casamentos de manhã

Crédito: Vem que é Festa


Bom, pessoal, é isso! Espero que tenham gostado do post de hoje!

Beijinhos e bom final de semana

                   
                                         
                   
18/08/2017
  • Direito

A maneira de se vestir de uma advogada

Oi, gente!

Tudo bem com vocês? Aqui está tudo bem!

Hoje, vou falar um pouquinho sobre a vestimenta que deve/pode ser usada por advogadas e mulheres que precisam estar de social o tempo todo. A formalidade da profissão faz com que o nosso dress code seja um tanto quanto limitado. Mesmo estando limitadas, podemos sempre nos reinventar e unir o nosso estilo próprio a essa formalidade excessiva.

Eu costumo ter em meu guarda-roupas camisas, calças sociais, casacos, blazers, blusas de manga comprida e de manga curta com tecidos mais nobres e vestidos. Aqui, não podemos usar roupas muito justas, curtas, decotes, tomara que caia.

Além disso, a maquiagem e os acessórios devem ser discretos. As unhas têm que estar bem feitas e o cabelo, solto ou preso em um rabo de cavalo ou coque.

Durante o cursinho, uma professora minha (juíza) me disse que estava fazendo uma audiência criminal quando entrou na sala de audiências uma advogada com um decote profundo e saia bem curta. O cliente estava preso e ele somente conheceu a sua advogada naquele momento. A minha professora me disse que o cliente não tirava os olhos do decote da advogada, fazendo com que a situação se tornasse muito desconfortável para todas as pessoas que estavam ali.

Infelizmente, determinadas profissões não podem se dar ao luxo de acompanharem modismos para não terem que passar um “carão” desnecessário. É importante ter em mente que, se determinada roupa serve para ir a uma balada, para um passeio em família ou para sair nos finais de semana, pode ter certeza que ela não é indicada para o trabalho formal.

Tipos de roupas

Uma advogada ou uma mulher de negócios precisa ter, em seu guarda-roupas, as seguintes peças que combinem entre si:

Camisas sociais variadas

Camisa social da marca Gata Trakina

Blazers

Blazer da marca Amaro

Calças de alfaiataria

Calça de alfaiataria da marca Renner

Blusas de manga curta e de manga longa

Blusa de crepe da marca Bold Plus

Blusa de malha da marca Bold Plus

Vestidos

Vestido da marca Bold Plus

Sapatos estilo boneca e scarpin

Mary Jane da marca Piccadilly

Scarpin da marca Piccadilly

Sapatilhas

Sapatilhas da marca Piccadilly

No final das contas, costumo me vestir assim para trabalhar:

Blazer Rery e blusa Mamô Brasil

Blazer Rery e blusa Bold Plus

Blusa estampada Mamô Brasil e regatinha Hering

Vestido Renner, xale que a minha irmã me trouxe da França e meias Lupo

Vestido da marca Renner

Todas as fotos das roupas e dos sapatos acima são de marcas que gosto de usar. São elas:

Bom, pessoal, é isso! Espero que tenham gostado do post de hoje! Comentem abaixo para eu saber se vocês gostam deste tipo de texto.

Beijinhos