20/10/2016
  • Maternidade

Rotina de sono saudável para bebês

Oi, gente!

Tudo bem com vocês?

É comum os pais de primeira viagem carregarem dúvidas relacionadas aos cuidados do seu bebê. Aspectos como rotina e sono são essenciais ao desenvolvimento infantil e não devem ser ignorados. Diante disso, o Dr. José Gabel, membro do Departamento de Cuidados Domiciliares da Sociedade de Pediatria de São Paulo (SPSP), revela alguns caminhos para um ritual equilibrado que favoreça o cotidiano familiar.

“Desde a chegada do bebê ao seu novo lar, é importante estabelecer uma rotina. Assim, o bebê se acostumará aos horários e dinâmicas vivenciados pela família e ficará menos ansioso”, explica o pediatra. No entanto, ele frisa que apenas as atividades do dia-a-dia são reguláveis – com exceção ao aleitamento materno, que deve ser incentivado em livre demanda.

Quanto ao tempo de sono, este é variável. O bebê pode dormir de 15 a 18 horas até o terceiro mês de vida, com tendência à diminuição conforme seu crescimento. Os pais devem se atentar, visto que as consequências de noites de sono mal dormidas são irritabilidade e temperamentos difíceis nos pequenos.

“Em caso de dificuldades para dormir, devem ser investigadas possíveis modificações no comportamento e horários do bebê. Alterações físicas ou eventuais incômodos também podem influenciar. Existe todo um protocolo de pesquisa para ver se há necessidade de algum tipo de intervenção – comportamental ou medicamentosa –. Até que seja amplamente esclarecido, é necessária a atenção e consulta de um pediatra”, alerta. Um dos fatores que pode contribuir para um despertar adiantado, fora da média, é a alimentação incorreta da criança antes de dormir.

bebe-e-sono-3

Crédito: Pediatra Descomplicada

Dicas para uma boa noite de sono

Estimular o bebê a se movimentar durante o dia pode ajudar. Além de auxiliar em seu desenvolvimento, faz com que ele fique cansado e o sono chegue mais rápido durante a noite. Ademais, procedimentos como “contar uma história” ou “dar naninha” à criança são extremamente favoráveis, pois elas relaxam e dormem com mais facilidade. Aliás, é muito saudável que a criança tire sonecas nos intervalos das mamadas e os pais podem treiná-las na aquisição desse hábito.

Pesadelos são comuns e podem atrapalhar as noites de sono das crianças. A sua rotina diária pode afetar na hora de dormir. Se o dia da criança for tranquilo, é menos provável que ocorra esse tipo de evento. Crianças menores costumam assustar-se com ruídos, ao passo que, em crianças maiores, sentimentos de ansiedade ou medo decorrentes de imaginações podem comprometer. Nessas horas, os pais são fundamentais para oferecer segurança e conforto aos filhos. É preciso ter paciência e continuamente estimular a independência dos pequenos.

É muito importante que o bebê se adeque à rotina dos pais e não o contrário. Por isso, essas dicas são fundamentais.

Espero que tenham gostado do texto!

Beijinhos

Comente

comments

                
 

2 Comentários

  1. Penso que o fundamental é ter uma rotina do sono: uma série de atividades repetidas da mesma forma todos os dias. Ajuda muito as crianças a entenderem que está chegando a hora de dormir.
    Aqui em casa, a nossa rotina do sono é assim: janta, banho, massagem, leitura, mamá, oração e dormir.
    Ah! E o filhote tem a ajuda de uma naninha também! 🙂
    Talita Rodrigues Nunes postado recentemente…Um ano para viajar – a dois ou não (poesia)My Profile

    • Fernanda disse:

      Oi, Talita!

      Muito obrigada pelas dicas. Logo logo, vou me atentar bastante às suas dicas e as das mamães blogueiras mais experientes… hehehe…

      Beijinhos

Deixe o seu comentário!

CommentLuv badge