Brisa da Tarde | Curtindo a Vida a Dois

Tipos de famílias

Oi, gente!

Tudo bem com vocês? Aqui está tudo bem!

Nosso mundo moderno criou diversos tipos de famílias e, por isso, resolvi escrever um artigo sobre isso. É muito importante para o Direito brasileiro todos os tipos de famílias e cada uma delas tem as suas responsabilidades. A família, hoje em dia, não é apenas o pai, a mãe e o filho, mas sim muitas outras pessoas. A família é baseada no amor e no carinho em cada membro dela composta.

Ainda existem pessoas e crenças religiosas que definem o modelo tradicional de família como o mais "correto". Não podemos pensar assim porque o nosso mundo mudou muito. Por causa dessa mudança, todos nós devemos respeitar cada tipo de família.

Infelizmente, ainda vemos em nossa sociedade muita discriminação e intolerância por causa dos modelos de família. Muitas exclusões e injustiças ainda existem, como, por exemplo, a adoção de crianças por pessoas do mesmo sexo ou quando uma mãe cria uma criança sozinha.


Linda história

No Teleton do ano passado, passou um caso que me comoveu muito. Trata-se do menino Daniel, que teve um começo de vida difícil ao ser abandonado pela mãe biológica ainda na maternidade. O garoto tem hidrocefalia (acúmulo de líquido no cérebro) e mielomeningocele (um defeito congênito que afeta a espinha dorsal). Muitos casais chegaram a demonstrar interesse em adotá-lo, mas, ao ter ciência do laudo médico, desistiram. No total, mais de noventa casais chegaram a cogitar a adoção de Daniel, mas mudaram de ideia.

Daniel foi adotado pelo casal Diego e Leandro que sonhavam em ter um filho. Adotaram Daniel não pela sua deficiência, mas pelo amor que sentiram pelo menino. Relembrem a história:


Tipos de famílias

Então, todas as formas de família devem ser aceitas. Vamos ver abaixo quais são as formas de famílias que existem hoje em dia:

 Família Matrimonial: formada pelo casamento.

 Família Informal: formada pela união estável.

 Família Monoparental: qualquer um dos pais com seu filho (exemplo: mãe solteira e seu filho).

 Família Anaparental: Sem pais; formadas apenas pelos irmãos.

 Família Reconstituída: Pais separados, com filhos, que começam a viver com outra pessoa também com filhos.

 Família Unipessoal: Apenas uma pessoa, como uma viúva, por exemplo.

 Família Paralela: O indivíduo mantém duas relações ao mesmo tempo, por exemplo, casado que também possui uma união estável.

 Família Eudemonista: formada unicamente pelo afeto e solidariedade de um indivíduo com o outro, buscando principalmente a felicidade.

Provavelmente, você se identificou com alguma dessas famílias ou conhece algumas delas. O que devemos fazer é encarar todos os tipos de família de maneira natural e saber que todas elas são reconhecidas pelo Direito e devem ser reconhecidas pela sociedade moderna.


Bom, pessoal, é isso! Espero que tenham gostado do post de hoje! Fique à vontade para comentar aqui no post!

Beijinhos

Comente

comments

O imóvel e sua documentação
Overbooking
Alimentos gravídicos
Acompanhe as nossas notícias

Assine

Close