Brisa da Tarde | Curtindo a Vida em Família

Um Estranho na Rua – Escrita Criativa

Tem dias que a gente acorda e se sente um estranho na rua. Parece que nada está bom! As pessoas o(a) elogiam e falam que você está bem, mas parece que nada consegue o(a) fazer feliz. É difícil viver assim! Os sentimentos começam a se misturar e você não tem mais noção do que é certo e do que é errado. É um mix de alegria, raiva, êxtase, cansaço… A cama parece o melhor lugar do mundo porque você não precisa encarar ninguém. Não precisa ficar dando satisfação da sua vida para ninguém.

Aí, você pensa: "o que fazer em dias assim?". "Encaro ou fico dormindo o dia todo", você acrescenta. Se você não for trabalhar, não vai ter o seu rico dinheirinho no final do mês na sua conta bancária. Se levantar da sua cama quentinha e silenciosa, vai ter que encarar o mundo lá fora lhe perguntando: "nossa, dormiu mal?". "Não, fiquei a noite toda tentando localizar as Três Marias no céu".

"Preciso de férias urgentemente!", você sai gritando pelado(a) pela casa. Será? Férias são um momento de descanso. Viajar é o melhor remédio! Só que, quando você voltar, os problemas e as angústias que você estava sentindo vão voltar porque você não resolveu metade deles. Vale a pena se esquecer dos problemas por uns dias e depois ter que encará-los novamente? Não sei. É um caso para se pensar!

Sempre me disseram: "seja você mesmo, independente do que disserem!". Como se fosse fácil! A vida não quer saber dos rebeldes sem causa, dos que tem problemas e dos que estão em depressão. A vida fala para você: "anda porque o tempo não para!". Como seria bom se ele parasse pelo menos um minuto. O que você faria se o mundo parasse um minuto? Dormiria? Sairia dançando e cantando na chuva?

Quando eu era criança, o meu sonho era ter um superpoder: conseguir fazer o mundo parar. O episódio do Chapolin Colorado sobre a corneta paralisadora era o meu favorito. Já imaginou poder ter um tempinho a mais para você? Que delícia seria poder ter superpoderes!

Aí, você volta ao mundo real! O que fazer para aliviar, pelo menos um pouco, os problemas da vida? Acredito que, nesses dias, um abraço apertado e cheio de amor vale muito a pena. Pode ser do seu marido, do seu pai, da sua avó, da sua amiga, mas que seja de uma pessoa que realmente o(a) ame porque essa pessoa sempre será verdadeira com você. Se você errar, essa pessoa não será fácil de encarar porque vai lhe dar um puxão de orelha. Não vai passar a mão na sua cabeça ou lhe dar um tapinha nas costas, ela vai lhe fazer crescer e evoluir para encarar o mundo.

Congele o tempo e doe mais tempo para pessoas que o(a) amam de verdade! Valorize essas pessoas porque elas realmente valem a pena para a vida toda!

congelandootempo

Este texto faz parte do Projeto Escrita Criativa e foi feito por mim quando pensei no que realmente vale a pena.

Beijinhos

Comente

comments

l'Entrecôte d' Olivier
Você é responsável pelo seu prazer!
Uma carta ao meu namorado…
2 comentários
  • Carolina

    Eu amei esse texto, ah parar o tempo seria com certeza uma delícia, poder ter um tempo a mais no dia para ser feliz, ou até mesmo para fazer suas obrigações seria maravilhoso, eu adoraria. ❤ Eu amei esse texto, ele me fez refletir algumas coisinhas e adoro quando os textos tem esse efeito em mim, parabéns

    http://pinkisnotrose.blogspot.com.br
    Carolina postado recentemente…Não desista do teu blog, motive-seMy Profile

    Responder
    • Fernanda

      Oi, Carolina!

      Muito obrigada pela visita!! Fico feliz que o texto lhe fez refletir…

      Beijinhos

      Responder
Acompanhe as nossas notícias

Assine

Close