Brisa da Tarde | Curtindo a Vida em Família

Vantagens e desvantagens das lâmpadas à venda no mercado

Oi, gente!

Tudo bem com vocês? Aqui está tudo bem!

Fiquei afastada do blog por alguns dias porque tive uns problemas de ordem pessoal que fizeram com que eu não tivesse inspiração para escrever. Fiquei esse tempo meio depressiva, mas estou bem melhor, graças a Deus!

Bom, hoje, vou falar um pouco sobre as vantagens e desvantagens das lâmpadas à venda no mercado brasileiro. Em época de crise, é importante saber economizar. Vejam abaixo as lâmpadas que temos à venda hoje e seus benefícios:

Lâmpada incandescente

A lâmpada incandescente foi a primeira lâmpada a ser comercializável no mundo. Através do seu filamento, ela transforma a energia elétrica em energia luminosa. A partir de 1º de julho de 2015, as lâmpadas incandescentes de 60 watts pararam de ser fabricadas no Brasil. Já as lâmpadas de 25 e 40 watts deixaram de ser produzidas no dia 30 de junho de 2015, mas poderão ser comercializadas até 30 de junho de 2016. As lâmpadas incandescentes acima de 75 watts e 100 watts deixaram de ser comercializadas em 30 de junho de 2014.

Vantagens

É a lâmpada mais barata comercializada hoje em dia. Seu preço gira em torno de R$ 2,00 a R$ 4,00. Produz uma iluminação próxima à natural.

Desvantagens

A lâmpada aquece muito e a maior parte (80%) da energia consumida está no calor que ela produz. A luz não pode ser direcionada, pois ela é irradiada em todas as direções. Sua vida útil é de 1.000 horas.


Lâmpada fluorescente

Esta lâmpada foi introduzida no mercado consumidor em 1938.  Ao contrário das lâmpadas de filamento, possui grande eficiência por emitir mais energia eletromagnética em forma de luz do que calor.

Vantagens

É mais econômica do que a lâmpada incandescente e o preço médio varia entre R$ 8,00 e R$ 20,00. Sua vida útil é de 10.000 horas.

Desvantagens

Esta lâmpada tem mercúrio e fósforo em sua composição e, por isso, prejudica o meio-ambiente. A lâmpada fluorescente não deve ser colocada no lixo comum e nem em aterros sanitários. É classificada como contaminante químico. Caso tenha destino inadequado, a lâmpada fluorescente pode poluir o ar, solo, lençóis freáticos, rios, chuvas, animais e o homem, comprometendo a cadeia alimentar. Deve ser destinada a empresas de reciclagem.


Lâmpada de LED

O LED é um componente eletrônico semicondutor, ou seja, um diodo emissor de luz, mesma tecnologia utilizada nos chips dos computadores, que tem a propriedade de transformar energia elétrica em luz.

Vantagens

Ilumina e consome menos energia. Permite, ainda, direcionar a luminosidade. Com apenas 6 watts de potência, esta lâmpada produz a mesma luminosidade do que uma lâmpada incandescente de 100 watts. Reduz a conta de energia em até 90%. Não contém mercúrio e não emite calor e nem raios ultravioleta.

Desvantagens

A principal desvantagem é o preço: de R$ 40,00 a R$ 160,00.


Acredito que, com o passar dos anos, a lâmpada de LED ficará mais barata e mais famílias poderão ter acesso a ela. Outra solução é comprar uma ou duas lâmpadas por mês e ir trocando a iluminação aos poucos. Acredito que, assim, estaremos contribuindo para o meio-ambiente e para o nosso bolso!

Beijinhos

Comente

comments

Como conservar os alimentos na geladeira
5 formas rápidas e eficientes de dar um up na sua sala
Que tal um faxinão na sua casa para receber 2019?
9 comentários
  • Rita

    Aqui em casa só tem lâmpadas fluorescentes e eu me achava super econômica e sustentável até descobrir que eram um "veneno" para o meio ambiente, mas agora "Inês é morta", elas já estão aqui em casa e terei que lidar com elas. Quando for possível, a ideia é trocar pelas lâmpadas LED, como você disse, aos pouquinhos.

    Responder
    • Fernanda

      É isso aí, Rita, tem que trocar aos pouquinhos para não apertar o orçamento!

      Beijinhos

      Responder
  • Adrilaine Cezimbra

    Lá em casa todas são fluorescentes Fer, mas led com certeza é melhor né! Daqui a pouco sobra um dinheirinho por aqui e eu começo a investir melhor nisso aqui em casa também! Adorei o post, básico e bem informativo. Achei super útil!
    Beijão ♥

    Responder
    • Fernanda

      Oi, Adri!

      Muito obrigada por ter gostado!

      Beijinhos

      Responder
  • Aline Dias

    Oi minha flor, espero que realmente esteja melhor! Jesus te ama viu!!!!
    Então, sobre as lâmpadas fluorecentes, eu não sabia que ela fazia mal ao meio ambiente, o que sei é que fico com dor de cabeça se ficar olhando na direção delas! Nas minhas aulas do turno noturno quando não uso óculos volto para casa com dores de cabeça!
    Aline Dias postado recentemente…Taís Araújo é vítima de racismo + reflexõesMy Profile

    Responder
    • Fernanda

      Oi, Aline!

      Muito obrigada pelas palavras!

      Acredito que a sua dor de cabeça vem do mercúrio… Tem que ver isso!

      Beijinhos

      Responder
  • Erika

    Oie, tudo bem? Quando eu morava em apartamento todas eram branquinhas, mas agora morando em casa em alguns ambientes usamos amarelas, acho que fica melhor, apesar de consumir mais. Gostei bastante das explicações. Beijos, Érika

    ~www.queroseralice.com.br~

    Responder
Acompanhe as nossas notícias

Assine

Close